sexta-feira, 23 de março de 2012

Enfiar o Capucho

A poucas horas do inicio do congresso do PSD, que já decorre quando escrevo estas linhas, António Capucho decidiu sentir-se ostracizado e desiludido com a actual liderança.

O sentimento do fundador do PSD é legitimo e normal, mas não se entende a oportunidade destas críticas de alguns sectores laranjas que ainda lidam mal com a mudança de mentalidades e poderes nos sociais-democratas.

António Capucho é só mais um exemplo de como PPC tem tido dificuldades em agarrar o partido, apesar de estar no governo. A sua liderança e a união com o CDS é algo que alguns sectores laranjas não aceitam de todo.

Já não é a primeira vez que Capucho se sente ostracizado. De facto, há muito que o ex-autarca de Cascais anda a pedir atenção a diversos lideres do PSD. Como não há quem lhe dê mimo, eis que existe uma forma subtil de disparar contra actual direcção em vésperas da reunião magna. A mim parece-me que o ex Conselheiro de Estado está à espreita de uma janela de oportunidade. L

Sem comentários:

Enviar um comentário